Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Um estudo divulgado recentemente pela revista da Associação Médica Norte-Americana revela que o uso continuo, durante mais de dois anos, de omeprazol, o segundo medicamento mais consumido do mundo depois do paracetamol e uso mais comum para problemas gástricos, favorece a aparição de demência, danos neurológicos e também pode causar anemia.

O estudo da Kaiser Permanente avaliou a relação entre uso continuo, por mais de dois anos, de doses elevadas de “omeprazol”, na ordem dos 40 miligrams diários, e a falta de vitamina B12, que pode levar a problemas neurológicos graves, como a demência, ou anemias.

 

O LADO BOM DO OMEPRAZOL

O aparecimento de omeprazol, diz o especialista, foi uma autêntica revolução no tratamento de úlceras gástricas e na hérnia de hiato, que são as principais indicações. Para os primeiros, porque as lesões no estômago provocavam dor e mal estar condicionando a qualidade de vida. O maior avanço supõe-se, sem dúvida, no tratamento da hérnia hiatal, cuja principal terapia era a cirurgia que dava muitoa maus resultados..

Os resultados obtidos com o fármaco devem ter sido “tão bons em todos esses anos” que os médicos “começaram a receitá-lo de forma abusiva  como prevenção”, não só para estas doenças como também para outras, como a acidez estomacal. e os pacientes a consumir de igual modo.

A organização Kaiser Permanente provedora de serviços nos Estados Unidos e referência mundial no manejo sanitário decidiu avaliar os riscos para a saúde do consumo em longo prazo deste fármaco; e os resultados do estudo foram publicados na revista da Associação Médica Americana, “JAMA”.

“A consequência deste estudo não é que se devam evitar estes medicamentos, que são extremamente seguros, mas sim que devem ser bem utilizados”, defende, também no “El Mundo”, o presidente da Sociedade Espanhola de Patologia Digestiva, Fernando Carballo.

 

Gostou? Compartilhe ou deixe seu comentário!

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.